O Netflix existe desde 1997, só estreou o seu formato de streaming dez anos depois e chegou a Portugal há menos de um mês. Pode por isso ser difícil de imaginar como seria o serviço na longínqua década de 1950. Mas nada que os funcionários da empresa não consigam mostrar com um pouco de engenharia.

O Netflix VHF, como foi apelidado, é um projeto de hacking que coloca o serviço de streaming num televisor Philco Predicta.

Mas este não foi o único projeto a sair da hackathon organizada pela gigante norte-americana. Outro projeto interessante foi a criação de uma aplicação móvel que permite ver cenas específicas de séries e filmes mediante as suas frases mais icónicas. "Plata o plomo" seria um bom exemplo para Narcos ou então ‘Ele escolheu dinheiro em vez do poder [em inglês]’ no caso de House of Cards.

Dos 75 projetos concretizados também houve alguns menos 'comerciais'. Netflix & Grill? Uma churrasco que é controlado por algoritmos de computador. Mas fica o recado: a empresa norte-americana garante que muitos projetos nunca serão integrados no porfólio da empresa e que apenas servem para representar o espírito de descoberta, desafio e originalidade que os funcionários podem explorar.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.