Na madrugada de 25 de junho o Falcon Heavy descolou novamente, no Centro Espacial Kennedy, na Flórida. Apesar de ter falhado a aterragem, a missão foi bem-sucedida no que diz respeito ao envio dos  satélites.

Após o regresso do Falcon Heavy, uma parte do cone de nariz do foguetão foi recuperada por uma embarcação maritima da SpaceX que a esperava no Atlântico com uma rede bastante extensa. Foi a primeira vez que a embarcação conseguiu tal feito, depois de vários fracassos.

Veja o vídeo partilhado pela SpaceX do regresso de um cone de nariz do foguetão, o casco que protege os satélites a bordo dos Falcon 9 e que depois “cai” durante o voo, dividido em dois.

Ao tentar criar um sistema de foguetão reutilizável capaz de reduzir drasticamente o custo das missões espaciais, a recuperação desta “peça” faz naturalmente parte dos esforços da SpaceX.

Para isso, e de acordo com o Digital Trends, a equipa está nesta fase a tentar aperfeiçoar a técnica de aterragem para a metade da “peça”, sendo que a outra parte, que ainda se encontra no mar, deverá ser resgatada em breve.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.