Na próxima madrugada, 7 para 8 de dezembro, acontecem dois fenómenos que vão permitir uma observação privilegiada de Marte, a partir da Terra e à vista desarmada. Os fenómenos em causa são a oposição e ocultação de Marte.

Durante a madrugada, será possível observar Marte a desaparecer por trás da Lua durante quase uma hora. Em Portugal, e como confirmou ao SAPO TeK José Afonso, do Instituto de Astrofísica e Ciências do Espaço, da Universidade de Lisboa, este fenómeno de ocultação acontece às 5h27. Marte volta a ser visível às 6h03. Portugal, como a generalidade das capitais europeias, será um dos locais onde será possível observar o fenómeno, também vísivel a partir da América do Norte ou de África, como mostra a imagem do Sky and Telescope.

Sky and Telescope

A oposição acontecerá também durante a madrugada, por volta das 6h, altura em que o planeta vermelho se posicionará matematicamente no lado oposto da Terra em relação ao sol, formando quase uma linha reta na interseção dos três corpos.

Como explica José Afonso, este fenómeno será menos perceptível que a ocultação, uma vez que o brilho e o tamanho do planeta já têm sido maiores que o normal nos últimos dias. Ainda assim, matematicamente, o momento da ocultação é aquele em que Marte atingirá o seu ponto mais brilhante e maior dimensão, na observação a partir da Terra. Na comparação face a outubro, ou mesmo a novembro, a diferença já é mais óbvia como mostra esta animação da Earth Sky.

Earth Sky

A oposição de Marte acontece, em média, a cada dois anos. Nem sempre permite uma vista tão desafogada como desta vez, que o planeta vermelho acabou de atingir o ponto mais próximo da Terra na sua trajetória, registado de 30 de novembro para 1 de dezembro e a 80 milhões de quilómetros da Terra. A próxima oposição de Marte, depois desta, acontecerá em janeiro de 2025, mas a próxima em condições semelhantes (associada a uma aproximação idêntica à Terra) só está prevista para 2033.

Durante toda a noite, e logo após o pôr do sol, Marte ganhará um destaque especial no céu, como aliás já tem tido nos últimos dias. Ao início da noite vai surgir no céu do lado oposto ao pôr do sol e durante toda a noite será fácil de localizar perto da Lua, tanto pela intensidade do brilho, que irá sobrepor-se ao de muitas estrelas, tanto pela cor desse brilho que é avermelhada.

Se quiser assistir ao fenómeno da ocultação de Marte em direto mas com "assistência" profissional, não vá o tempo estragar os planos, há várias transmissões em direto programadas, com esta do Virtual Telescope Project, que começa às 4h00.

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.