Depois de ter realizado uma parceria com a Space Adventures para colocar turistas no espaço, a SpaceX continua a formar novas ligações com empresas do sector para alargar a sua oferta de viagens. Desta vez junta-se à Axiom, a empresa espacial localizada em Houston para enviar turistas ao espaço, mais concretamente a Estação Espacial Internacional.

De recordar que a NASA escolheu a Axiom para a construção do primeiro módulo comercial para a ISS. Este irá servir como residencial espacial para albergar turistas e ao mesmo tempo para experimentar tecnologias habitacionais no espaço. O desenvolvimento de missões comerciais na órbita baixa da Terra é um dos cinco elementos do plano de abertura da Estação Espacial Internacional a novas oportunidades de negócio.

As primeiras viagens estão previstas para a segunda metade de 2021 e consistem num voo composto por três passageiros turistas e mais um membro da Axion, o comandante de voo, que vai garantir que não haja percalços com os seis membros da NASA que vão pilotar o Crew Dragon. As viagens vão durar 10 dias, incluindo dois dias para ida e volta. Segundo avança o The New York Times, cada lugar na viagem custa 55 milhões de dólares.

De recordar que a SpaceX continua a aguardar a certificação oficial para os voos com passageiros, algo que só vai acontecer depois dos testes tripulados. Em janeiro, a SpaceX completou com sucesso o teste de resgate do aparelho não-tripulado, de forma a estudar potenciais casos de incidente com o foguetão Falcon 9. Adicionalmente, foram também conduzidos vários testes aos motores sem quaisquer ocorrências de explosão.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.