Aos poucos a NASA vai compondo as peças do complexo puzzle da próxima missão à Lua. E o Space Launch System, o foguetão que vai embalar a nave Artemis ao espaço está a ser testado. O mais recente teste, realizado pela agência espacial e a Boeing no suporte de teste B-2, centrou-se naquilo que a NASA chama de “Hot Fire”, mantendo-se ligado e a funcionar durante mais de oito minutos (499,6 segundos), como pode ver no vídeo.

Este é o segundo teste realizado este ano, depois de um teste semelhante realizado em janeiro ter sido interrompido, tendo durado apenas 50 segundos. A NASA referiu que necessitava de mais dados da base do foguetão, antes de planear o próximo teste. Desta vez foram disparados os quatro motores RS-25, simulando o voo que vai fazer em direção à Lua.

Depois do teste, o novo administrador da NASA, Steve Jurczyk, sucessor de Jim Bridenstine, disse que o teste realizado de “hot fire” é um passo importante na caminhada para regressar ao solo lunar, e mais longe. O componente testado do foguetão segue agora para o Centro Espacial Kennedy na Flórida, onde será montado na preparação da Artemis I.

De recordar que o Space Launch System era para estar pronto em 2019, mas sucessivos atrasos e a situação pandémica têm vindo a arrastar o projeto. Desde janeiro de 2020 que o SLS se encontra a cumprir uma série de testes essenciais chamada “Green Run” que tem como objetivo minimizar possíveis riscos e assegurar que o equipamento funciona como planeado. Este foi o oitavo e último teste da série.

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.