A ASSOFT assinou um acordo com a ASAE – Autoridade de Segurança Alimentar e Económica e a PGR – Procuradoria-Geral da República através do qual se pretende garantir ao Estado novos meios de combater a pirataria de software. O objectivo é consolidar as competências da ASAE no combate à utilização de software ilegal.

No âmbito deste acordo serão desenvolvidas diversas iniciativas que "visam consolidar as competências da ASAE na matéria, apoiada pela PGR, dotando-a das mais sofisticadas ferramentas de informática forense e de análise ao material que venha a ser apreendido em futuras acções de inspecção sobre equipamentos informáticos de empresas e entidades públicas", indica um comunicado enviado à imprensa.

A associação da indústria informática vai participar na formação de um "grupo alargado de inspectores da ASAE", fornecendo-lhes know-how para identificação de software ilegal nas inspecções a empresas e outras entidades.

O acordo abrange ainda "um conjunto de acções de inspecção de grande dimensão" sobre um grupo alargado de empresas, acrescenta o mesmo documento.

A colaboração da ASSOFT com a ASAE tem um carácter permanente em matéria de consultoria e apoio, devendo ser criados grupos específicos de acompanhamento que reunirão periodicamente para avaliar o sucesso das acções de fiscalização continuada.

Notícias Relacionadas:

2006-09-11 - Pirataria de software motiva pena de prisão de sete anos nos Estados Unidos

2006-04-27 - ASSOFT consegue novo aliado na luta contra a pirataria informática

2006-03-08 - Acções anti-pirataria aumentam 50% em Portugal

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.