A consultora Spring Professional analisou o setor empresarial nacional e concluiu que a cibersegurança foi a área com o maior crescimento no último ano. Segundo o estudo, existe uma preocupação crescente das empresas com a importância da segurança da informação e, por conseguinte, apostam cada vez mais em recursos especializados de modo a proteger fugas de dados.

Catarina Carvalho, Diretora da Spring Professional Portugal, defende que “sendo a Cibersegurança uma das áreas em que existe uma falta mais acentuada de recursos, é uma excelente aposta em termos de formação, prevendo-se que a oferta de emprego continue a crescer de forma considerável até 2020.”

Assim, e de acordo com a análise da empresa, existem quatro soft skills fundamentais para trabalhar em cibersegurança. O primeiro é estar orientado para o detalhe, possuindo a capacidade de avaliar as questões técnicas e examiná-las de forma abrangente para eliminar fragilidades e prevenir ataques. Saber analisar e diagnosticar é também considerado uma mais-valia para a resolução de problemas.

A Spring Professional valoriza ainda as capacidades comunicacionais, já que são um facilitador para transmitir de forma simples problemas complexos. Por último, a consultora considera importante saber trabalhar em equipa, para conseguir perceber as dificuldades e saber aplicar as regras definidas de Cibersegurança.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.