O Google Chrome OS está prestes a receber uma atualização que lhe dará suporte para aplicações Linux. A primeira versão de teste vai chegar ao Pixelbook esta semana, antes de chegar a outros modelos de Chromebook ao longo dos próximos meses.

O sistema operativo, que recentemente ganhou acesso à biblioteca de apps Android, vai assim passar a integrar um primeiro grupo de aplicações desenhadas especificamente para funcionarem em ambientes de desktop. Kan Liu, responsável pelos produtos deste segmento, confirma que os utilizadores vão poder rodar ferramentas, editores e outros ambientes de desenvolvimento integrado de Linux, diretamente no seu Chromebook. A instalação poderá ser feita através das fontes comuns, tal como aconteceria com qualquer outra máquina com estas capacidades.

O suporte para Linux nos Chromebooks ainda está numa fase inicial, o que explica o lançamento restrito ao Pixelbook. Adicionalmente, note que será necessário ativar este suporte manualmente.

A notícia pode ser útil para programadores que façam uso destas ferramentas no seu trabalho diário, e para estudantes de programação, que passam a ter nos Chromebooks uma ferramenta útil e barata para praticar código.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.