O Ministério da Ciência vai lançar, no próximo ano, um Orçamento Participativo de Ciência e Tecnologia, pela primeira vez em Portugal.

Em declarações à TSF, o ministro Manuel Heitor revelou que o objetivo é envolver mais a comunidade científica na definição das agendas de investigação e desenvolvimento.

De acordo com o responsável político, o orçamento participativo vai seguir “as melhores práticas já implementadas em Portugal” e adotar o modelo implementado pelas câmaras municipais.

“Além de consagramos a necessidade absoluta de fazer mais e mais investigação, queremos também, em paralelo, abrir a participação ativa a todos, indivíduos e coletivos, na definição da agenda de um orçamento participativo de C&T”, referiu.

A medida está a ser apresentada hoje no Ciência 2016 - Encontro com a Ciência e Tecnologia em Portugal, que decorre até quarta-feira no Centro de Congressos de Lisboa, um encontro que sido interrompido pelo anterior Governo e já não se realizava desde 2010 e que agora está de regresso.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.