Já vem sendo hábito Elon Musk aproveitar o fim-de-semana para “mandar uns bitaites” no Twitter, o que acabou por acontecer, efetivamente, mais uma vez, neste último que acaba de passar.

Desta feita, a publicação dizia respeito ao mais recente modelo da Tesla, o Roadster que o camião elétrico trouxe de surpresa a reboque, e que promete ir dos 0 aos 96 em menos de dois segundos e “dar” 400 km/h.

@elonmusk  já tinha dito no Twitter que o novo automóvel pode vir a ter versões tecnicamente capazes de voar, mas agora trata-se de juntar literalmente as duas realidades: a automóvel e o Espaço.

O patrão da Tesla e da SpaceX afirmou que o foguetão Falcon Heavy com viagem de destino a Marte marcada para 2018 vai levar um Roadster a bordo. O post inicial é de 1 de dezembro, mas deu conversa o fim de semana inteiro. E qual a melhor cor para combinar com o Planeta Vermelho? Vermelho claro, neste caso a variante "midnight cherry". E que melhor música para tocar no rádio do carro do que Space Oddit, de David Bowie?

O mirabolante plano foi recebido com alguma incredibilidade e muitas dúvidas, com confirmações, seguidas de negações e de novas confirmações por parte de Elon Musk, algumas das quais entre as respostas dadas às centenas de comentários no tweet. Uma delas parece ter visado o modelo usado para mandar para a órbita de Marte, que seria, não o novo roadster de 200 mil dólares, mas o modelo mais antigo. Caso para dizer, "louco", mas nem tanto...

Nota de Redação: Corrigida uma gralha, apontada por um leitor, e acrescentado o último parágrafo, dada toda a especulação que o tweet tem vindo a gerar.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.