Trinta e seis por cento das empresas inquiridas numa pesquisa divulgada pela Oracle revelaram intenção de implementar mais serviços híbridos até 2017. Um pouco menos (32%) indicam que têm planos para investir em soluções de cloud privada.



A cloud privada é uma opção que muitas empresas já fizeram, quando decidiram investir em soluções na nuvem e com resultados positivos. A mesma pesquisa mostra que a adesão à cloud privada está a atingir rapidamente níveis de maturidade elevados - 60% das empresas indicam que já atingiram graus de adoção intermédios ou maduros na utilização destas tecnologias, uma taxa que até 2017 deve avançar para os 82%.



Os aspetos mais destacados pelos inquiridos numa implementação bem-sucedida de uma infraestrutura cloud privada passam por um controlo da governação bem definido; normalização das TI; garantir o apoio dos principais decisores; e assegurar uma gestão eficaz das mudanças nas TI.



O estudo divulgado pela Oracle foi realizado pela IDG. Também revela que as preocupações com a segurança continuam a destacar-se (foram sublinhados por 55% dos inquiridos), mas mostra que entretanto se juntaram outras à equação de quem planeia investimentos na cloud, como a normalização da tecnologia e a capacidade de integração com as aplicações existentes (47%) e os custos de hardware (44%).



A pesquisa também questionou os empresários sobre intenções de investimento em ambientes de cloud pública. Apenas 17% dos inquiridos confirmaram o interesse nestas soluções.

Escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.