A HP voltou a ser a maior fabricante mundial de PCs, segundo as contas da Canalys, empresa de estudos de mercado que soma às vendas de PC de secretária e de portáteis as dos tablets. O cálculo fez disparar a posição da Apple neste ranking mundial e nos últimos três meses do ano tornou a dona do iPad a maior fabricante mundial de PCs, um título fortemente discutido e que agora perdeu.



Os novos dados, relativos ao período entre janeiro e março deste ano indicam que a HP terá colocado nas lojas um total de 15.840.000 de equipamentos, contra 15.800.000 da Apple, que assim comercializou menos 40 mil equipamentos.



Nas posições seguintes surgem Lenovo, Acer e Dell. A Lenovo aumentou vendas em quase 50% no período, a Acer e a Dell diminuíram, mas mantiveram-se no Top5



Globalmente, entre as diversas fabricantes, foram colocados nas lojas 107 milhões de PCs, mais 21% que no mesmo período do ano passado. Os tablets representaram 19% do mercado, mais 11% que no período homólogo, embora o seu peso tenha aumentado mais de 100%. Os netbooks estão a fazer o trajeto inverso, com as vendas a diminuírem 34%.



A América do Norte foi a região onde as vendas de PCs mais aumentaram no período em análise (31%). Na EMEA e na Ásia o avanço foi apenas de 19%, um dado que a Canalys explica com a expressão do impacto dos tablets nos EUA, maior de que em qualquer outra região.

Vale a pena sublinhar que, sem os iPad, a quota da Apple neste ranking é muito inferior, já que as vendas de Mac não vão além dos 3 milhões de unidades. Já nos tablets a empresa vendeu mais de 11 milhões de unidades.

Escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico

Cristina A. Ferreira

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.