Querendo ilustrar a ideia de que os sistemas de eBusiness facilitam a vida aos seus utilizadores, a IBM decidiu apostar na mostra de aplicações nesta área bem como no sector da segurança durante a edição deste ano da CeBIT, que decorre até ao próximo dia 20 de Março, em Hannover. Os últimos avanços tecnológicos nas áreas do hardware, software e serviços também não foram esquecidos.



No stand principal, a IBM destaca o InfoScope, um pequeno dispositivo portátil que pode registar textos manuscritos em língua estrangeira, decifrá-los e traduzi-los. Da mesma forma, graças ao sistema de gravação óptica e ao GPS incorporados, está capacitado para registar edifícios e mostrar ao utilizador a sua localização correcta no mapa. O InfoScope pode também recolher dados da Internet sobre o nome do edifício ou a sua história.



Por outro lado, a IBM e a Citizen desenvolveram uma nova versão do relógio com tecnologia Linux, o WatchPad, também presente na CeBIT. Este relógio permite que os seus utilizadores acedam às suas informações pessoais - agenda, endereços, etc -, assim como o envio e recepção de mensagens electrónicas via voz. O WatchPad tem um ecrã de cristais líquidos, microfone incorporado, alta voz, alarme vibratório e um sensor de identificação de impressões digitais. O relógio incorpora tecnologia Bluetooth para comunicar com outros dispositivos e pode ser controlado por voz.



Outra das inovações apresentadas na CeBIT pela Divisão de Investigação e Desenvolvimento da IBM é o Memory Key, um dispositivo de memória portátil concebido para pessoas que necessitam de trocar informações rapidamente. Com medidas de 8 x 18 x 64 mm, o Memory Key pode ser transportado dentro do bolso ou introduzido num porta-chaves. Não obstante, a sua capacidade de armazenamento de 32 MB permite que os dados armazenados possam ser trocados com qualquer dispositivo. Com capacidade para transmitir informações a mais de 500 KB por segundo no que respeita a leitura e 250 KB por segundo relativamente a escrita de dados, permite registar algo mais comprido do que simples endereços e números de telefone.



Entre outras coisas, no stand principal dão também a conhecer-se as possibilidades oferecidas pela IBM na área da computação autónoma - uma tecnologia desenvolvida a partir da premissa de que a complexidade e o âmbito das infra-estruturas das tecnologias de informação vão crescer exponencialmente nos próximos dez anos, requerendo sistemas capazes de se regularem, manterem-se e recuperarem-se por si mesmos.



A divisão de serviços da IBM, a IBM Global Services, apresenta na feira o "e-business on demand", demonstrando aos utilizadores como é fácil aceder a infra-estruturas tecnológicas e aplicações. Esta área de negócio aposta assim numa demonstração sobre a forma como os hackers se podem infiltrar na rede de uma empresa. O objectivo é comprovar que as medidas de segurança são cruciais para a informação.



A Divisão de Computadores Pessoais da IBM, por sua vez, centraliza a oferta apresentada na CeBIT na transferência sem fios de dados e na segurança das tecnologias de informação. Um dos produtos estrela desta área de negócio é o ecrã plano T560, que pode ser virado tanto para a direita como para a esquerda a um ângulo de 145 graus ou até virado totalmente de forma a que a pessoa situada no lado oposto possa ter uma visão completa do que está a passar no ecrã. O T560 tem incorporado o software Pivot Pro que permite mover a imagem em sintonia com o ecrã, ou nas direcções que o utilizador prefira.



Como parte da colaboração com o parceiro de negócio Profi, a IBM mostra na CeBIT o NetVista Kiosc com um sistema de "tocar e alugar", através do qual se pode alugar todo o tipo de mercadorias, desde produtos industriais até aos de consumo, 24 horas por dia e 7 dias da semana.



Na feira de Hannover está também disponível uma larga amostra da linha de servidores IBM, desde o eServer pSeries690 ao servidor UNIX mais potente do mundo, assim como os iSeries, servidores adaptados às necessidades das pequenas e médias empresas, os zSeries e os xSeries.




A IBM exibe ainda na CeBIT soluções para armazenamento de dados, desde uma solução de combinação entre o servidor pSeries com uma área de rede de armazenamento, até às novas tecnologias SAN (Storage Area Network) e NAS (Network-Area Storage) que incluem as contribuições para a consolidação dos servidores no sector de alta capacidade.



A unidade de soluções de impressão, por sua vez, expõe no stand da IBM uma solução que combina as características individuais de imprimir, copiar, enviar e receber faxes, digitalizar e correio electrónico numa única arquitectura.



O mundo das PMEs também está presente no espaço reservado à IBM na CeBIT, tanto com instrumentos de análise do mercado, como é o caso das IT21 e E-biz221, como com o software SAP-CRM, soluções CRM para Lotus Notes e o novo Siebel.



A área do sector público da IBM apresenta na CeBIT o caso Dortmund, a primeira cidade a implementar o acesso virtual a um arquivo de dados sobre esta localidade. Os seus residentes podem realizar todos os processos administrativos municipais através de um sistema virtual desenvolvido pela IBM.



Notícias Relacionadas:

2002-03-13 - Hewlett-Packard marca presença na CeBIT com tecnologias futuristas

2002-03-13 - CeBIT 2002 abre portas com atenções viradas para dispositivos móveis

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.