Além de dar a conhecer mais pormenores sobre os seus projetos na área da condução autónoma, a Intel apresentou no palco virtual da CES 2021 quatro novas famílias de processadores, levantando também o véu no que toca aos seus planos para o futuro.

Na “calha” está a 12ª geração de processadores Intel Core, que toma o nome de código “Alder Lake”, e que tem uma data de chegada marcada para a segunda metade de 2021. A fabricante norte-americana afirma que a nova geração servirá com uma base para o futuro dos processadores para computadores desktop e portáteis.

Processadores de 12ª geração - Alder Lake
créditos: Intel

A 12ª geração de processadores da Intel contará com uma “nova e melhorada” versão do design SuperFin de 10 nanómetros, estando também equipada com núcleos de alto desempenho, chamados “Golden Lake”, e de elevada eficiência, apelidados “Gracemont”.

Nos novos processadores Alder Lake, a Intel toma uma abordagem semelhante à que a Apple afirmou nos seus recentes chips M1. Apresentados em novembro, os processadores da empresa da maçã, que são baseados na arquitetura Apple Silicon, reúnem todas as tecnologias necessárias, do processamento à segurança, num só chip.

Novidades na 11ª geração de processadores

Para a Intel, o futuro passa também por uma evolução nos processadores de 11ª geração. Em destaque estão os novos chips Rocket Lake-S para computadores desktop, liderados pelo flagship Intel Core i9-11900K, que chegarão ao mercado ainda no primeiro trimestre deste ano. A Intel afirma que os processadores prometem um aumento de 19% no IPC (Instructions Per Cycle), assim como gráficos integrados 50% melhores.

Já os processadores Intel Core H-series de 11ª geração vão começar a chegar a portáteis de marcas como a Acer, ASUS e MSI na primeira metade de 2021.  A linha, concebida a pensar nos entusiastas do mundo do gaming fora dos computadores desktop, é liderada pelos chips Intel Core i7 Special Edition, com 4 núcleos capazes de obter velocidades até 5 GHz.

Na linha Intel Core H-series há também espaço para processadores de 8 núcleos, que têm uma data de chegada prevista para o final do primeiro trimestre deste ano. De acordo com a fabricante, os chips para portáteis apresentam características que seriam normalmente encontradas em computadores desktop, incluindo velocidades até 5 GHz, arquitetura PCIe de 4ª geração, assim como suporte a Wi-Fi 6.

O SAPO TEK está a acompanhar tudo o que de mais importante se passa na CES 2021. Veja aqui todas as novidades e anúncios da maior feira de tecnologia dos Estados Unidos que este ano decorre em modelo totalmente virtual.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.