É já amanhã que o Meta Quest 3, a mais recente geração do headset com suporte a realidade mista da empresa de Mark Zuckerberg, chega a um conjunto de mercados. Ao que tudo indica, a Meta estará já a preparar o lançamento de um novo headset para dar resposta ao Apple Vision Pro, revelado em julho durante a WWDC 2023.

Na última edição da newsletter Power On, Mark Gurman da Bloomberg indica que o headset da Apple levou a Meta a mudar os seus planos. De acordo com uma fonte interna a que o jornalista teve acesso, a empresa de Mark Zuckerberg está numa fase de “medo da Apple”.

Este medo foi o que levou a tecnológica a mudar o seu foco do metaverso para passar a concentrar-se nas aplicações mais práticas do seu headset. Como realça Mark Gurman, a Meta alterou a sua estratégia para torná-la mais “parecida” com a da Apple, com o Meta Quest 3 a ser apresentado mais como uma ferramenta para jogos e apps de produtividade e não tanto como um portal para o metaverso.

O próximo headset da Meta, que estará a ser desenvolvido sob o nome de código “Ventura”, poderá ter um preço mais baixo, mas não é tudo. Para ajudar a reduzir o preço, o headset não será lançado com comandos. Os utilizadores terão de comprar estes acessórios à parte ou, então, usar as funcionalidades de suporte a gestos.

É oficial: Apple entra no reino da Realidade Aumentada com o headset Vision Pro
É oficial: Apple entra no reino da Realidade Aumentada com o headset Vision Pro
Ver artigo

O Apple Vision Pro também não chegará com comandos, no entanto, Mark Gurman lembra que, no caso da empresa da maçã, esta não é uma estratégia para poupar custos. O headset da empresa da maçã recorre a funcionalidades avançadas de controlo por gestos e por movimento dos olhos.

Recorde-se que, segundo a empresa de Mark Zuckerberg, o Meta Quest 3 foi concebido para dar aos utilizadores a oportunidade de interagirem com objetos virtuais num espaço físico, em experiências imersivas combinam estas duas realidades de forma mais harmoniosa.

O headset tem suporte a uma biblioteca de apps e jogos que aproveitam as capacidades de desempenho reforçadas do processador do chipset Snapdragon XR2 Gen 2.

Clique nas imagens para ver o Meta Quest 3 

De acordo com a Meta, o headset tem um perfil ótico 40% mais fino do que o Meta Quest 2 e o seu Infinite Display conta com resolução 4K+, com 25 pixels por ângulo e 1.218 pixels por polegada. Os comandos que acompanham o headset, com tecnologia háptica TruTouch, foram redesenhados, com a empresa a optar por um design mais simples e ergonómico, passando a contar com tecnologia háptica TruTouch.

O Meta Quest 3 estará disponível por um preço de 499,99 dólares, pela versão com 128 GB de armazenamento interno, e de 649,99 dólares pela versão com 512 GB.

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.