Esta é uma decisão crucial para o sucesso de tal ambição e por isso a SpaceX está a trabalhar em conjunto com a NASA, com vista a identificar e examinar potenciais pontos de “aterragem” no Planeta Vermelho. E parece que já há um melhor classificado, de acordo com a Space.news.

E o que faz de um local um bom sítio para “estacionar” em Marte? A proximidade de gelo de superfície é uma delas, para que seja possível estar mais tempo sem “entregas” terrestres.

Outro fator importante é a baixa elevação e o posicionamento próximo do equador, para uma melhor exposição solar, tanto em termos energéticos como térmicos. Também é verdade que estas duas condições – o gelo e a exposição solar – são difíceis de combinar, o que reduz bastante os pontos de aterragem ideais.

A escolha dos locais é importante porque a SpaceX está já a pensar no estacionamento na nave tripulada, para uma estadia a “longo prazo”.

A equipa espacial de Elon Musk anda a tentar acertar datas com destino a Marte há algum tempo. A viagem esteve originalmente prevista para 2018, mas nessa data deverá acontecer apenas a não-tripulada. Gente a pisar solo marciano só deverá acontecer em meados de 2020.

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.