A Samsung licenciou a tecnologia da AMD para os seus futuros chips Exynos, naquela que pode ser a aposta da fabricante no segmento gaming. A empresa irá aceder à recém-anunciada arquitetura RDNA (Radeon ADN), que será a base dos próximos GPU Navi da AMD, as placas gráficas que a Sony irá utilizar na PlayStation 5, por exemplo e até no Google Stadia.

Desta forma, a Samsung irá substituir os seus GPU Mali, baseados em ARM, pela futura arquitetura RDNA. Os smartphones da Samsung oferecem por norma dois processadores: em praticamente todo o mundo são vendidos com o processador Exynos, mas nos Estados Unidos, Canadá, China, Japão e América Latina, a fabricante coreana opta por uma solução assente na tecnologia da Qualcomm, sejam os chips Snapdragon como os GPU Adreno.

Foi no Computex que a fabricante anunciou a nova arquitetura RDNA, juntamente com a placa gráfica AMD Radeon RX 5700. Segundo os especialistas, este GPU permite obter até mais 25% de desempenho gráfico em comparação com as atuais placas Vega.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.