Super Mario Bros. está a comemorar 35 anos desde que se estreou na NES, ditando o fim daquele que foi o período mais negro da indústria dos videojogos, o crash de 1983-85. Mas é o terceiro jogo da série que hoje é notícia por tornar-se o título mais caro de sempre vendido em leilão, neste caso por 156.000 dólares. E o seu valor inicial era “apenas” de 62.500 dólares, mas a disputa terá sido renhida entre 20 colecionadores entusiasmados, prontos a “abrir os cordões à bolsa” por somas astronómicas.

Os recordes de leilões de jogos da série Super Mario Bros. têm vindo a ser batidos constantemente, no último ano. Em 2019 o primeiro jogo foi vendido por 100.105 dólares, estabelecendo um novo máximo. Mas este ano, em julho, uma outra cópia terá sido vendida por 114.000 dólares, segundo o The Verge.

tek mario bros. 3

Mas o que tornou Super Mario Bros. 3 tão valioso? Trata-se da sua variação muito rara no design da sua caixa. Tratam-se de detalhes, mas faz toda a diferença entre os especialistas. Neste caso, a palavra “Bros.” que normalmente está colocada à direita, neste caso aparece à esquerda da caixa, tapando um pouco da luva do protagonista. Esta diferença de design prova que se trata da mais antiga versão do jogo, ou seja, das primeiras cópias de produção.

Além disso, o seu estado excelente de conservação ajudou na avaliação, com uma pontuação de 9,2 A+ na escala Wata, utilizada para avaliar estes artigos de coleção. Em comparação, em julho foi vendido uma cópia do mesmo jogo com uma pontuação 9.0 A por 38,400 dólares.

O mesmo leilão que vendeu a cópia rara de Super Mario Bros. 3 vendeu outro jogo da Nintendo por valores “exorbitantes”. Uma cópia de Pokémon Red, com pontuação Wata 9.8 A++ foi vendido por 84.000 dólares, tornando-se o mais caro jogo de Pokémon vendido em leilão.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.