O inovador televisor de ecrã enrolável da LG já foi lançado na Coreia do Sul, em outubro de 2020, prometendo uma revolução no mercado, ao mesmo tempo que se considera uma “obra-de-arte” tecnológica. O LG Signature OLED R vai chegar a mais mercados, a nível global e já é possível fazer a reserva do televisor.

Infelizmente, segundo o website, o modelo ainda não está apontado para Portugal neste lançamento global, mas na vizinha Espanha, Reino Unido e França já poderá fazer a encomenda. Na altura do seu lançamento na Coreia do Sul, o preço apontado foi de 87.000 dólares, valor que poderá ser superior fora do seu mercado de origem e chegar aos 100 mil dólares. O SAPO TEK contactou a LG Portugal para saber os planos de lançamento no mercado nacional e preços, mas até ao fecho da notícia ainda não foi dada resposta.

Veja na galeria fotografias do televisor de ecrã enrolável da LG:

O primeiro ponto onde a LG pretende se destacar é na forma como o televisor vai revolucionar a gestão do espaço. Quando não está a ser utilizado o seu ecrã recolhe e enrola-se na sua base em cima do móvel, um processo que deverá demorar cerca de 30 segundos. A base do televisor é uma caixa de alumínio, com colunas cobertas por lã moderna, e os clientes podem optar por quatro tons na sua cobertura: Signature Black (preto), Moon Gray (cinzento), Topaz Blue (azul) or Toffee Brown (castanho). E para tornar o televisor mais personalizado, será possível gravar o nome ou uma mensagem na sua base de alumínio.

Nas contas da fabricante, a OLED R pode durar 22 anos, para uma utilização diária a enrolar uma dúzia de vezes. Para além das características diferenciadas do seu ecrã, espere mimos tecnológicos como a disponibilidade de portas HDMI 2.1, assim como suporte a Dolby Vision e Dolby Atmos para uma experiência audiovisual de topo. O televisor utiliza o processador a9 Gen 4, o mesmo dos seus mais recentes modelos topo de gama (e atualizado em relação ao lançamento original na Coreia que tinha um Gen 3). Partilha ainda o sistema operativo WebOS para o acesso a apps e outras funcionalidades. Através do seu comando, pode dar comandos de voz.

O televisor tem um ecrã OLED flexível de 65 polegadas, que promete uma melhor qualidade de imagem através da sua tecnologia de pixéis com iluminação própria e com controlo individual de escurecimento.

De salientar que a sua base, onde o ecrã é enrolado, também funciona como coluna com altifalantes 4.2, com um output de 100 W. É neste módulo que são ligados todos os periféricos e equipamentos que necessite, incluindo consolas ou computadores. O melhor é que quando não está a usar o ecrã e este está recolhido, pode utilizar a base como coluna inteligente.

É preciso recuar ao (tecnologicamente) longínquo ano de 2014 para testemunharmos os primeiros passos da LG na investigação de ecrãs que se enrolam. Na altura a fabricante apontava para 2017 o fabrico das primeiras televisões com ecrãs “enroláveis” de 60 polegadas, com resolução Ultra HD. Mas foi preciso esperar até 2019 para o protótipo do seu primeiro televisor ser mostrado, durante a CES no início desse ano.

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.