O estúdio de cinema da Warner Bros. vai utilizar a plataforma de inteligência artificial da Cinelytic que analisa o conteúdo e talento dos atores. A ferramenta poderá ajudar nas decisões durante a produção e nas estratégias de lançamento dos filmes nas salas de cinema.

Segundo a Business Wire, a tecnologia combina IA e outras tecnologias baseadas em computação em cloud para adicionar informação sobre o valor do conteúdo. Para tal utiliza modelos de analítica preditiva, dados e ferramentas de gestão de projetos integrados numa plataforma online.

Utilizando a plataforma da Cinelytic, os estúdios poderão reduzir o tempo que os executivos gastam em tarefas repetitivas e de valor reduzido, para que se foquem a adicionar valor ao projeto, a criar ideias criativas de promoção, marketing e distribuição, assim como criar as condições para que o filme receba a tão esperada “luz verde” para avançar.

Segundo é explicado no website da Cinelytic, a base de dados da plataforma contém mais de 95.000 filmes com análises de performance e respetivos metadados. Tem também análises de perfil a mais de 550 mil atores. E garante uma previsão assertiva de box office na ordem dos 85%.

Não é a primeira vez que a IA é utilizada na indústria do cinema. A 20th Century Fox, por exemplo, testou um sistema para analisar trailers de filmes, de forma a medir o sucesso dos mesmos, meses antes de estrarem nas salas. Para treinar o sistema, a máquina foi “alimentada” com centenas de trailers ao longo dos anos, cruzados com milhões de registos de audiência dos filmes.

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.