Perto de 30 por cento dos estrangeiros que visitam Portugal recorrem à Internet para obter informação sobre o país. Os dados constam de um estudo promovido, recentemente, pelo Turismo de Portugal e mostram que a grande rede tem cada vez mais importância como veículo de promoção de destinos turísticos.

Promovida durante o Verão junto aos balcões de check-in dos principais aeroportos portugueses, a análise refere que apenas três por cento dos turistas inquiridos ficaram interessados em visitar Portugal por estímulo publicitário, a ferramenta mais clássica nas estratégias de promoção dos destinos. Já a Internet foi responsável por 29 por cento das chegadas, escreve o jornal Público.

Estas conclusões levam o Turismo de Portugal a admitir que há esforços a fazer na forma como se promove o destino Portugal, com o organismo a referir que está a "reforçar a presença em plataformas de comunicação online", como as redes sociais.

Está igualmente prevista a disponibilização de uma "ligação directa entre o consumidor e a oferta" no novo portal de promoção externa, o visitportugal.com.

Entre outros dados diversos, o estudo sistematiza informação de perfil, concluindo-se que 55 por cento dos 1.100 turistas entrevistados tinham entre 35 e 54 anos e apenas nove por cento menos de 24.

Mais de metade tem educação equiparada ao ensino universitário e nenhum dos inquiridos possuía habilitações inferiores ao secundário. Apenas dez por cento viajaram sozinhos, quando a maioria veio acompanhada com o cônjuge ou com outros adultos. Há uma grande fatia (75%) que fica a totalidade da estada num único local.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.