O tempo que os jovens passam nas redes sociais está negativamente correlacionado com o seu nível de atividade física. As conclusões são de um estudo da Universidade do Ulster, Irlanda do Norte, divulgado este fim-de-semana no âmbito do encontro anual da Sociedade Britânica de Psicologia, realizado em Liverpool.

O estudo teve como base inquéritos a 350 estudantes da Universidade do Ulster, realizados online, realizados com o objetivo de medir a sua atividade social online e os respetivos níveis de atividade física.

Os resultados do inquérito mostram que a grande maioria dos estudantes inquiridos utiliza redes sociais online como o Facebook e o Twitter, em média, cerca de uma hora por dia. Na componente do questionário sobre a atividade física, cerca de um terço foram classificados como muito ativos, um pouco mais de metade "moderadamente ativos" e 12,7% colocados no grupo dos que possuem uma baixa atividade física.

No total, cerca de 25% dos inquiridos referiram integrar uma equipa desportiva.

A relação negativa entre a utilização das redes sociais e a atividade desportiva foi estabelecida após a análise das respostas, associando-as ao nível de exercício físico praticado na semana anterior. Por exemplo, os resultados mostraram que os utilizadores do Facebook são os que menos participam em equipas desportivas.

"O tempo é um recurso finito, pelo que o tempo que passamos nas redes sociais terá que surgir em detrimento de outras atividades" afirmou durante a apresentação o Dr. Wendy Cousins, supervisor do estudo levado a cabo pelo estudante de mestrado Emer O'Leary.

No entanto, o mesmo responsável mostrou-se cauteloso quanto à relação causa-efeito sugerida de imediato pelo estudo. Em primeiro lugar, porque a atividade física é apenas uma das várias atividades que podem ser preteridas face às redes sociais; depois, porque defende a necessidade de efetuar mais pesquisas, até o estudo se mostrar mais conclusivo, de modo a perceber "se o Facebook nos torna mais gordos e o Twitter mais magros".


Escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.