É à Internet que portugueses inquiridos num estudo da Marktest recorrem quando pretendem procurar informação sobre viagens. Dos 400 inquiridos na sondagem feita online, 57,5 por cento refere a Internet como meio preferencial de pesquisa de informação.

As agências de viagens, assim como as revistas especializadas surgem abaixo nas preferências dos utilizadores, com uma fatia de 17,2 e 11,3 por cento das respostas, respectivamente.

A pesquisa da Marktest quis também conhecer os serviços mais subscritos ou pesquisados na Net pelos utilizadores ao longo dos últimos 12 meses e descobriu que a pesquisa de informação sobre locais é a actividade mais frequente, com 52,9 por cento dos inquiridos a responderem que leram na Internet conteúdos relativos à cultura, tradições ou eventos de um local específico.

Outro dado apurado indica que 47,2 por cento dos inquiridos decidiu visitar determinado local a partir das suas consultas online e 38,8 por cento admite ter escolhido na Internet um local para ficar.

Realizada no continente, a utilizadores de Internet com idades entre os 18 e os 64 anos, a pesquisa indicou ainda algumas diferenças no que se refere aos serviços procurados por mulheres e homens. Eles estão mais inclinados para tomar na Internet a decisão de visitar determinado local, reservar um hotel, ou escolher um local para comer.

Já as mulheres, no que se refere às viagens, usam a Internet para ler acerca de cultura, tradições ou evento de eventos de um local específico, escolher um hotel, ou escolher uma atracção ou actividade para ver ou fazer numa viagem.

Nota de Redacção: A notícia foi corrigida no que se refere ao intervalo de idades dos inquiridos no estudo.

Notícias Relacionadas:
2007-06-05 - Turismo online continua em fase de crescimento em Portugal

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.