Em maio de 2017, uma portaria do Ministério da Justiça abriu a possibilidade aos cidadãos de, à semelhança do que já acontecia com os advogados e os solicitadores, poder consultar eletronicamente os seus processos pessoais de cobrança de dívidas.

Agora, segundo o Ministério da Justiça (MJ), também vai ser possível a consulta de todos os processos judiciais pela internet, uma medida que, assim como o alargamento do sistema informático de gestão processual Citius ao processo penal, contraordenacional e de promoção e proteção de menores, faz parte de um conjunto de iniciativas de modernização do plano de ação “Justiça + Próxima”.

Aos cidadãos também é possível o acesso aos processos executivos, tendo, desde o início desta medida, já sido efetuadas cinco mil consultas, de acordo com dados do MJ.

Nova plataforma online quer aproximar (ainda mais) cidadãos e empresas da Justiça
Nova plataforma online quer aproximar (ainda mais) cidadãos e empresas da Justiça
Ver artigo

Francisca Van Dunem, ministra da Justiça, participa hoje numa reunião, presidida pelo primeiro-ministro António Costa, de balanço e expansão do projeto Tribunal+,  funcionalidade que vai concentrar todos os serviços digitais dos tribunais, incluindo a Certidão Judicial Eletrónica – com mais de sete mil emitidas (2.500 de forma automática, ou seja, sem necessidade de intervenção de qualquer funcionário judicial ou juiz) – e o Simulador de Taxas de Justiça – com mais de quatro mil utilizações.

Outra das medidas do Tribunal + é o alargamento da tramitação eletrónica a todos os tribunais até ao fim de 2018, passando a abranger os tribunais superiores (tribunais da relação, tribunais centrais administrativos, Supremo Tribunal de Justiça e Supremo Tribunal Administrativo), quer na jurisdição judicial quer na administrativa e fiscal.

Para este ano, também está prevista a simplificação da linguagem da citações e notificações dirigidas aos cidadãos e empresas e com origem nos tribunais, medida já iniciada no ano passado com a simplificação da notificação em processos de injunção

Desde então, já foram emitidas mais de 90 mil comunicações, seguindo-se agora a intervenção nos restantes mais de cinco mil modelos utilizados nos tribunais.

A comunicação eletrónica entre tribunais e a Autoridade Tributária Tendo é outra das medidas que entrou em vigor a partir de 4 de janeiro, tendo sido realizadas mais de 10 mil comunicações entre os tribunais administrativos e fiscais e os mandatários e representantes das entidades públicas.

No início de março de 2016, a ministra da Justiça apresentou o plano de ação "Justiça + Próxima", um conjunto de iniciativas cujos traços de modernização passam por uma comunicação mais centrada no cidadão, com novos modelos de experimentação e partilha.

Ministério já poupou 1,6 milhões de euros com Justiça Mais Próxima
Ministério já poupou 1,6 milhões de euros com Justiça Mais Próxima
Ver artigo

As suas medidas iniciais (120) assentavam em quatro pilares - eficiência, inovação, proximidade e humanização - e seriam alinhadas com os programas de modernização administrativa, como o SIMPLEX.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.