Em agosto do ano passado, o TikTok deu a conhecer que estava a testar um novo conjunto de ferramentas que permitem criar de efeitos de realidade aumentada. Depois de lançar uma fase de testes limitada, a rede social abre agora a primeira verão Beta pública da Effect House.

A empresa explica que a plataforma dispõe ferramentas, assim como recursos de aprendizagem concebidos para criadores de conteúdo, developers e designers que querem começar a criar os seus próprios efeitos de realidade aumentada.

Ao todo, mais de 450 criadores que participaram na primeira fase de testes mais limitada publicaram os seus efeitos no TikTok, “levando à criação de mais de 1,5 mil milhões de vídeos e gerando mais de 600 mil milhões de visualizações a nível global”, detalha a rede social.

Clique nas imagens para mais detalhes sobre a Effect House

Com a abertura da Beta pública, o TikTok publicou também um conjunto de regras específicas que os utilizadores da Effect House terão de seguir, caso contrário, as suas criações não poderão ser partilhadas com a comunidade da rede social.

Destaca-se, por exemplo, a proibição de conteúdos que promovam violência, extremismo e racismo; atividades ilegais e substâncias controladas; atividades e desafios perigosos; suicídio e automutilação; nudez e atividades sexualmente explícitas; além de desinformação. Os efeitos ou filtros que promovam cirurgias plásticas, assim como distúrbios alimentares, estão também proibidos.

Os utilizadores do TikTok poderão ver se um determinado efeito ou filtro foi feito a partir da Effect House, sendo também possível aceder a mais informação sobre os criadores. Todos os interessados em criar os seus próprios efeitos de realidade aumentada podem fazer o download da Effect House a partir do seu website.

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.