O número de endereços registados no domínio de Internet atribuído a Portugal, o .pt, tem vindo a crescer significativamente, tendo ultrapassado agora os 40 mil, indica hoje a Fundação para a Computação Científica Nacional (FCCN). Para este número concorre também o acréscimo do domínio classificador .com.pt, recentemente alvo de uma campanha de divulgação.



No final do ano de 2003 o número de registos activos para os domínios nacionais situava-se nos 35 mil, com o .com.pt a contabilizar perto de 6.000 endereços registados. No total, os últimos 7 meses assistiram a um crescimento de mais de 5.600 endereços registados nos domínios nacionais, com o .pt a aumentar em 3.696 novos sites, enquanto o .com.pt cresceu com 1.935 novos registos para os 7.894 endereços activos.



Embora realçando que, comparativamente com outros países da União Europeia, o número de registos por 100 habitantes está ainda abaixo da média, Pedro Veiga, Presidente da FCCN, mostra-se satisfeito com o crescimento registado neste ano. "Pelo indicador do número de registos parecemos estar outra vez a melhorar o interesse, embora o salto não seja muito grande", reforça Pedro Veiga.



"As baixas no registo dos números de domínios no passado estiveram relacionadas com as quebras na economia. Era bom que esta retoma indicasse melhorias nesta área", salienta ainda o presidente da FCCN.



O número de empresas e particulares portugueses que continua a optar pelo registo de domínios em hierarquias internacionais ou nos gerais .com e .net não é conhecido, mas a evolução dos domínios registados em .pt tem sido regular, acompanhando a crescente utilização da Internet como meio de divulgação e contacto. Segundo dados do Instituto Nacional de Estatística (INE) relativos ao ano de 2003, sete em cada dez empresas portuguesas com dez ou mais trabalhadores utiliza a Internet, não sendo detalhado qual a percentagem que tem website ou domínio registado.



Julho em crescendo


Depois de um primeiro semestre positivo, os dados da FCCN mostram que o mês de Julho foi o melhor de sempre em termos de número de novos registos de endereços, com 615 adições, sendo destas 376 no .pt e 241 na hierarquia .com.pt. Ainda assim este último domínio classificador, com um registo mais facilitado, não tem crescido à medida das expectativas da Fundação.



Pedro Veiga revela a sua surpresa pelo facto do número de registos em .com.pt não ter crescido mais significativamente, mesmo com a campanha de divulgação realizada. "Só mostra que os portugueses adoram a burocracia", afirma o presidente da fundação, já que mantêm a "mania" de fazer registos em .pt quando é muito mais fácil e rápido no .com.pt.



Confirmando uma informação que já havia adiantado em meados deste ano, Pedro Veiga explicou ao TeK que no mês de Outubro deverá ser revisto o registo nesta hierarquia, com a introdução de novas modalidades de tempo (um ano, dois ou 5 anos) e uma baixa de preço em algumas destas opções, de forma a incentivar a opção das empresas.

Notícias Relacionadas:

2004-04-28 - FCCN promove campanha para motivar maior adesão a domínio .com.pt

2004-04-28 - Nomes de domínios vão ganhar caracteres portugueses ainda este ano

2004-02-26 - Sete em cada dez PMEs em Portugal estão ligadas à Internet

2004-01-05 - Entidades estrangeiras absorvem 50% dos novos subdomínios .com.pt

2001-09-24 - Domínios registados sob ".pt" ultrapassam os 20 mil

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.