No ano passado 32 por cento dos europeus fez compras ou encomendou produtos pela Internet. Os dados são revelados pela Comissão Europeia e mostram que é na faixa etária até aos 44 anos que se concentra a maioria dos compradores online, com especial destaque para os indivíduos com idades entre os 25 e os 34 anos, onde quase metade compra online.

Portugal surge classificado bem abaixo da média europeia, com apenas 10 por cento da população a fazer compras ou a encomendar produtos online. Por cá, a faixa etária que concentra maior número de pessoas a comprar online é também a que compreende os 25 a 34 anos, mas com menos de metade dos compradores que a média europeia. Ou seja, 20 por cento da população.

Os dados do estudo europeu, que já tinha sido parcialmente revelado, mostram ainda que a Internet é mais usada para comprar ou encomendar viagens, roupas e material desportivo, bens para a casa e bilhetes para espectáculos, filmes e música e equipamentos electrónicos.

Em Portugal a maior concentração de respostas positivas está na categoria "todos os bens e serviços", para 10 por cento da população. A categoria com menor número de respostas é a que se refere aos bens para a casa, com apenas 1 por cento dos portugueses a comprar online (contra 11 por cento dos europeus).

A categoria específica na qual os portugueses se mostram mais receptivos a compras ou encomendas na Internet é a de viagens e reservas hoteleiras. Quatro por cento dos portugueses usa a Web para comprar ou encomendar nesta área. Catorze por cento dos europeus também.

Os países onde os hábitos de compra online são mais evidentes são a Dinamarca, Reino Unido, Holanda, Alemanha, Suécia e Finlândia. Nestes países mais de metade da população usa a Internet para comprar ou encomendar bens e serviços pela Web.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.