Para uma boa parte dos portugueses utilizar o smartphone de forma frequente já faz parte de uma rotina diária, quer para trabalhar ou a nível profissional. Os dados de um estudo do site de vendas especializado em moda Showroomprive.pt vêm reforçar essa mesma ideia, com cerca de 9% dos inquiridos a garantirem que utilizam o smartphone com uma frequência de entre 10 e 15 minutos para terem acesso à Internet. As redes sociais revelam-se o passatempo favorito dos portugueses no telemóvel.

Qual o tipo de comportamento dos utilizadores de equipamentos móveis em Portugal? Foi a esta resposta que a investigação pretendeu dar resposta, com os resultados a demonstrarem uma "relação" bastante próxima dos portugueses com os smartphones.

Cerca de 36% dos entrevistados afirma que acede à Internet sempre que recebe uma notificação de mensagem ou algum tipo de interação. No entanto, o valor diminuiu, ainda que de forma pouco significativa, em relação a 2019. Na altura, a percentagem rondava os 37%, de acordo com o comunicado da empresa. Já 24% assegura que o faz com uma regularidade superior a uma hora.

Dos dados obtidos destaca-se também a percentagem de utilizadores que assegura utilizar o smartphone a cada 60 minutos para ir à Internet: cerca de 19%. Apesar de serem menos, uma boa parte dos inquiridos, aproximadamente 9%, dizem recorrer ao telemóvel com uma frequência de entre 10 e 15 minutos.

Redes sociais, chamadas e videochamadas são o passatempo favorito dos portugueses

Mas qual é a utilização concreta de telemóveis da população portuguesa? As redes sociais são a atividade na qual os inquiridos investem mais o seu tempo, com cerca de 60% a assumirem este “vício”. De notar que este número aumentou de forma considerável quando comparado com 2019, altura em que a percentagem era de aproximadamente 53%.

Em segundo lugar, com cerca de 17%, surgem as chamadas telefónicas e as videochamadas, seguidas da visualização de series ou vídeos, neste caso com 10%. Ouvir música e fazer compras encerram o top 5.

“Detox digital” está a crescer e mais de 40% dos europeus querem mudar o estilo de vida online em 2020
“Detox digital” está a crescer e mais de 40% dos europeus querem mudar o estilo de vida online em 2020
Ver artigo

No que toca às aplicações para compras, entre as mais atraentes estão as do sector da moda, sendo escolhidas por 38%. Mas os portugueses também gostam de comparar preços, com estas apps a surgirem em segundo lugar. Em terceiro lugar surgem as aplicações que permitem aos utilizadores inspirarem-se com looks.

Através deste estudo, o site Showroomprive.pt analisa pelo terceiro ano consecutivo a utilização que os portugueses fazem dos smartphones durante os primeiros seis meses do ano. Esta investigação surge no âmbito do seu estudo Annual Survey, no qual participaram 700 portugueses.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.