Uma equipa de investigação da Nova Southeastern University da Florida detectou diversos erros na maioria das entradas da Wikipédia referentes a doenças e fármacos. Segundo o grupo de trabalho, as falhas apresentadas poderão constituir um perigo para todos os utilizadores que procuram obter na referida enciclopédia online mais informações acerca de determinadas patologias ou compostos utilizados nos medicamentos prescritos pelos médicos.

Kevin A. Clauson, líder da investigação, explica faltam informações importantes em pelo menos 80 entradas acerca de fármacos e frisa que os dados que são "esquecidos" são tão importantes como "referir que, por exemplo, o anti-inflamatório Arthrotec pode provocar abortos espontâneos" ou que "o extracto de Hipericão pode interferir com a acção dos medicamentos contra o VIH Prezista".

Estes são alguns dos efeitos secundários omitidos nas entradas da Wikipédia que, tal como se sabe, tem, na sua maioria, textos publicados pelos próprios utilizadores. Dadas as circunstâncias, os responsáveis pelo estudo, aconselham os consumidores a nunca obter informações apenas através da enciclopédia gratuita. Ao invés disso, incitam os utilizadores a procurarem os médicos ou farmacêuticos sempre que suscitarem dúvidas acerca de doenças ou medicamentos.

No âmbito deste estudo, os especialistas compararam os resultados das pesquisas obtidos na Wikipédia com os da Medscape Drug Reference, um site utilizado por especialistas. A comparação permitiu apurar que a enciclopédia virtual contempla apenas 40 por cento das respostas básicas e importantes referentes ao tema em análise.

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.