Apesar de figurarem no imaginário dos futuristas mais antigos, os jetpacks ainda não chegaram para ficar. Talvez existam alguns protótipos funcionais aqui e ali, mas a Boeing não está convencida com nenhum. Para alterar a situação, no entanto, a empresa vai oferecer um milhões de dólares a quem conseguir apresentar um design plenamente exequível que possa ser transformado num produto operacional. A multinacional norte-americana vai escolher um grupo de equipas para o desafio e vai dar-lhes um prazo de dois anos para poderem desenvolver as suas ideias. Quem conseguir impressionar o júri na avaliação final, leva o prémio para casa.

As equipas vão ser acompanhadas pela própria Boeing e por especialistas da DARPA.

Para vencer a competição, os concorrentes terão de conseguir fazer com que o seu veículo transporte uma pessoa ao longo de 32 quilómetros sem abastecer. A capacidade de descolagem vertical do aparelho será um dos critérios avaliados para a atribuição da nota, mas, de acordo com a Boeing, este terá de ser compacto e compatível com ambientes urbanos.

Mesmo sem vencer, os participantes podem reunir um investimento substancial da Boeing. A empresa vai libertar o dinheiro em três fases, sendo que, numa primeira, serão entregues 10 prémios de 20 mil dólares a 10 equipas diferentes. As quatro melhores vão depois receber mais 50 mil e apenas o vencedor final receberá 1 milhão de dólares. Em adição, existirão prémios para as "inovações disruptivas", para as propostas mais silenciosas e para as mais pequenas.

Os interessados podem inscrever-se na primeira fase da competição através deste link, até dia 4 de abril de 2018.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.