Localizada em Aveiro, e herdando a história da PT Inovação, a Altice Labs tem crescido a uma média de 25% ao ano desde que assumiu o novo nome, na sequência da compra da Portugal Telecom pelo grupo Altice. Hoje assinala-se o sexto aniversário da Altice Labs e Alcino Lavrador, diretor do centro de inovação, adiantou ao SAPO TEK que está a reforçar os recursos humanos.

"Estamos a incrementar muito a nossa participação dentro de operações do grupo Altice [...] estamos com projetos na área de sistemas, redes e plataformas que permitirão com certeza estar muito mais anos dentro no grupo e ser uma peça fundamental para o desenvolvimento tecnológico, de inovação e diferenciação face à concorrência", explicou, respondendo a uma pergunta sobre a continuidade da operação.

Este crescimento de projetos e de negócio, que no último ano se refletiu num aumento de 32% nas receitas, vai exigir o reforço dos recursos humanos.

"Neste momento temos falta de recursos porque o número de projetos, e concretamente projetos no Grupo Altice, têm sido superiores à capacidade que temos", sublinhou o diretor do centro de inovação.

"Estamos a iniciar alguns projetos transformadores no gruopo para os quais precisamos de reforço de capacidade", explicou, adiantando ainda que a ideia é contratar mais cerca de 100 pessoas que se juntam aos 700 que atualmente trabalham na Altice Labs.

A internacionalização da tecnologia desenvolvida em Aveiro é um dos focos da Altice Labs e Alcino Lavrador lembra que 73% das receitas já são feitas fora de Portugal. "Temos tido foco principal no Grupo Altice, até porque a nossa capacidade não é infinita, mas temos procurado parceiros que nos levem para outras geografias, como o México e o Brasil", destaca.

5G, sensores e realidade mista: quatro projetos onde a Altice Labs quer ajudar a transformar a Saúde
5G, sensores e realidade mista: quatro projetos onde a Altice Labs quer ajudar a transformar a Saúde
Ver artigo

A confiança no trabalho do centro de desenvolvimento em Aveiro foi também sublinhada por Ana Figueiredo, CEO da Altice Portugal, que afirmou ao SAPO TEK que "a Altice Labs, para a Altice Portugal e para todo o grupo Altice, é o centro nevrálgico da inovação". A executiva lembra que esteve a exercer funções fora de Portugal, a liderar a Altice na República Dominicana, e que "foi a tecnologia da Altice Labs que nos suportou e permitiu crescer do ponto de vista de mercado, com tecnologias inovadoras que desenvolvemos neste país".

A aposta é para durar, e está ligada ao futuro do grupo, como sublinhou Ana Figueiredo.

"O grupo Altice aposta na Altice Labs, é daqui que sai a inovação portuguesa para o mundo, para empresas do grupo Altice mas também para outros operadores de telecomunicações que são nossos clientes de tecnologia portuguesa", destacou em resposta ao SAPO TEK.

Hoje em Aveiro, no evento que assinala os 6 anos da Altice Labs, foram apresentados vários projetos de inovação na área da saúde, com tecnologia desenvolvida em parceria com diversas entidades e que tem por base o 5G, sensores de monitorização e realidade aumentada a aplicar na área médica e de cuidados de saúde e bem estar.

Veja as imagens dos projetos apresentados

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.