Apesar da procura pelo novo iPhone 8 não estar a corresponder às expectativas, a Apple deposita toda a sua confiança no iPhone X. E a fé, inabalável, fica clara com as projeções da empresa para a época festiva que se aproxima. De acordo com o relatório de contas referente ao terceiro trimestre do ano, a gigante de Cupertino espera fazer 84 mil milhões de dólares com a venda de smartphones entre outubro e dezembro deste ano.

Encomendas do iPhone X estão a superar todas as expectativas, diz a Apple
Encomendas do iPhone X estão a superar todas as expectativas, diz a Apple
Ver artigo

Em julho, agosto e setembro, a tecnológica norte-americana contabilizou receitas de 52,6 mil milhões de dólares e um lucro de 10,7 mil milhões. Os números foram sustentados pela venda de Macs e de iPads, que subiram mais de 10% relativamente ao período homólogo de 2016. As vendas de iPhones também subiram dois pontos percentuais.

Outro dos departamentos em destaque foi o dos serviços. Graças a este sector, que registou um crescimento de 30%, a Apple conseguiu aumentar o número de vendas em todos os países onde marca presença, à excepção do Japão. A marca já tinha admitido que vê neste modelo de negócio uma das pedras basilares do "crescimento a longo-prazo". O número de utilizadores do iOS, que é neste momento superior a mil milhões, estabelece uma base aparentemente sólida para a concretização desta visão.

As estimativas que a empresa faz para os próximos meses ultrapassam substancialmente os números alcançados no ano passado. Em 2016, no quarto trimestre, a empresa norte-americana chegou aos 78,4 mil milhões em receitas, querendo registar um calor entre 84 e 87 mil milhões.

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.