A lista foi divulgada ontem e a Coca-Cola acaba por ser a marca mais afetada, caindo para terceiro lugar depois de ter mantido a liderança incontestada durante os últimos 13 anos.

A Interbrand estima o valor da marca Apple em 98,3 mil milhões de dólares, com os recentes anúncios dos novos iPhone a estimular a imagem da empresa de Cupertino. O relatório destaca a marca por revolucionar a forma de trabalhar e comunicar, e pela sua capacidade de surpreender, elevando a fasquia da estética e simplicidade, assim como da facilidade de utilização da tecnologia.

As lojas da marca contribuem também para a avaliação positiva, pela imagem, superando 17 vezes a classificação das lojas de outras marcas.

O relatório da Interbrand classifica as 100 marcas mais valiosas do mundo com base em critérios que incluem a performance financeira, e nos últimos anos a Apple tem conquistado posições, passando do oitavo lugar em 2011 para 2º em 2012, e subidno agora à primeira posição.

[caption]quadro[/caption]

A Google foi também uma das vencedoras neste relatório, subindo da quarta para a segunda posição com um valor de 93 mil milhões de dólares, quase o dobro da Microsoft.

As marcas tecnológicas dominam a lista, com seis das 10 mais valiosas a serem assumidas pela Apple, Google, IBM em quarto, Microsoft em quinto lugar, Samsung que sobe para oitavo e a Intel que desce para a nona posição.

A IBM ficou classificada como uma marca de serviços empresariais, mas há outros nomes de destaque, como a Nokia que caiu do 14º lugar para 19º e a Blackberry que desapareceu da lista depois de ter ficado em 93º no ano passado.

Em sentido contrário, o Facebook que subiu de 69º para a 52ª posição, ainda longe do potencial assumido para a rede social.


Escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.