A Apple concordou em pagar uma multa de 25 milhões de euros em França para evitar um processo judicial. Em questão está uma investigação dos serviços antifraude franceses, a qual concluiu que existiram falhas de informação acerca das atualizações do sistema iOS nas versões 10.2.1 e 11.2. De acordo com a autoridade, a atuação da Apple é uma "uma prática comercial enganosa por omissão", avança a Lusa.

A empresa da maçã vai pagar a multa, considerada como a maior coima aplicada no país em relação a questões de direitos do consumidor, e é obrigada a publicar um comunicado no seu website acerca da situação, indica a Direção Geral da Concorrência, Consumo e Repressão da Fraude Francesa em comunicado à imprensa.

Se a empresa fosse a tribunal, seria condenada a pagar uma multa ainda maior, correspondendo a 10% da faturação anual em França. Contudo, o acordo entre a Apple e os serviços antifraude franceses não exclui a possibilidade de os consumidores pedirem uma indemnização à gigante de Cupertino, algo que poderá obrigá-la a desembolsar mais do que estaria à espera.

França está a investigar “desaceleração” de iPhones da Apple
França está a investigar “desaceleração” de iPhones da Apple
Ver artigo

O processo contra a Apple foi aberto pelo Ministério Público de Paris em janeiro de 2018 e teve por base uma denúncia da associação francesa “Alto à Obsolescência Programada”, depois de diversos utilizadores se queixarem de os seus iPhone 6 SE e 7 estarem mais lentos depois de atualizarem o iOS. Impossibilitados de regressar à versão anterior do SO, muitos dos utilizadores tiveram de comprar um smartphone novo.

Em resposta, a Apple insiste na sua página web que o seu objetivo "foi sempre criar produtos seguros apreciados pelos clientes" e que "uma parte importante disto é fazer com que os iPhone durem tanto quanto seja possível".

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.