A Apple tem vindo a enfrentar uma longa batalha legal contra a VirnetX. Desde 2010 que a empresa alega que a gigante de Cupertino está a violar quatro propriedades intelectuais distintas relacionadas com um sistema de comunicações seguras que tinha desenvolvido. Agora, no mais recente capítulo da batalha, um tribunal norte-americano decidiu que a Apple terá de pagar uma indemnização de 502,8 milhões de dólares à VirnetX.

Desta vez está em questão o VPN on Demand, uma funcionalidade do iOS que permite aos utilizadores ligarem-se a uma rede virtual privada. Em declarações à Bloomberg, um porta-voz da Apple indicou que a empresa vai recorrer da decisão do tribunal, sublinhando ainda que “casos como este servem apenas para sufocar o processo de inovação e prejudicar os consumidores”.

Apple vai ter de pagar mais de 300 milhões de dólares depois de perder batalha de patentes
Apple vai ter de pagar mais de 300 milhões de dólares depois de perder batalha de patentes
Ver artigo

Em 2016, a Apple viu-se obrigada a pagar uma indemnização no valor de 302,4 milhões de dólares à VirnetX, num processo em que foi acusada de ter infringido uma patente com a tecnologia usada para ligar os utilizadores do FaceTime durante uma chamada de vídeo.

Como resultado, a Apple teve de deixar de usar a tecnologia peer-to-peer a que recorria até então, passando a usar os servidores da Akamai. A troca acabou por encarecer o processo, levando ao surgimento de problemas na utilização do FaceTime que forçaram vários utilizadores a ter de atualizar para o iOS 7.

Apple vai pagar 18 milhões de dólares por falhas no FaceTime que forçaram atualizações para o iOS 7
Apple vai pagar 18 milhões de dólares por falhas no FaceTime que forçaram atualizações para o iOS 7
Ver artigo

Por sua vez, as falhas no FaceTime estiveram na origem de um outro processo judicial em 2017, no qual a empresa da maçã concordou em pagar 18 milhões de dólares em indemnizações para resolvê-lo.

Em 2018, a VirnetX voltou a tribunal para acusar novamente a Apple de violar as suas propriedades intelectuais. A empresa da maçã negou todas as acusações, mas o tribunal condenou-a a pagar 502,6 milhões de dólares. No entanto, a Apple não avançou para a indemnização imediata e, um ano mais tarde, o tribunal voltou atrás na sua decisão após uma análise mais aprofundada da situação.

Recorde-se que a Apple não foi a única a ser acusada pela VirnetX de infração de patentes. Em 2010, a empresa levou a Microsoft a tribunal e a gigante tecnologia viu-se obrigada a pagar uma indemnização que acabou por alcançar os 200 milhões de dólares.

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.