Este ano parece estar a ser vantajoso para o comércio electrónico já que à medida que as empresas diminuem os seus orçamentos para a área das TIs, vão aumentando o seu investimento na Internet, em alguns casos até 10 por cento. De acordo com o estudo da empresa Emarketer "North America eCommerce: B2C and B2B Report", perante este cenário espera-se que sejam gastos em relações de business-to-business – B2B – cerca de 482 mil milhões de dólares (536 mil milhões de euros) até ao final do ano.



Segundo a mesma fonte, os gastos deverão assim aumentar quase 50 por cento durante o próximo ano, alcançando um valor na ordem dos 721 mil milhões de dólares (803 mil milhões de euros) e excedendo a meta do 1 bilião de dólares (1,1 biliões de euros) daqui a dois anos.



Este será também o ano em que a venda a retalho na Internet através da utilização de outros meios como o telefone ou a televisão interactiva vai começar, por isso, as previsões apontam para que em 2005 estes sejam os meios de eleição para aceder a mais de 10 por cento dos serviços na Internet.



De referir que 70 por cento das 2.065 empresas interrogadas no ano passado optaram por estratégias no sentido de melhorar o serviço e o suporte a clientes online e 68 por cento utiliza neste momento a Internet para publicitar os seus produtos.



Notícias Relacionadas:

2002-04-05 - US Department of Commerce e IBM promovem eBusiness entre Estados Unidos e Portugal

2001-10-22 - Empresas europeias continuam a investir no comércio electrónico

2001-09-18 - Comunicações sem fios nas relações B2B e B2C crescem até 2003

2001-05-21 - B2B na Europa atinge os 621,5 mil milhões de contos em 2004

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.