A Comissão Europeia tem recebido cartas assinadas por várias organizações europeias a alertar para os potenciais perigos da fusão entre a Oracle e a Sun, para a concorrência no espaço europeu.

As cartas foram dirigidas à comissária da concorrência Neelie Kroes, que lidera a equipa encarregue de analisar o impacto do negócio, que passa para a gestão da Oracle as bases de dados de código aberto MySQL, concorrentes directas de software comercializado pela Oracle.
As organizações que se dirigiram à Comissão Europeia temem - como a CE também já assumiu temer -, que a compra da Sun pela Oracle signifique o desinvestimento no MySQL, até que este deixe de facto de ser uma alternativa válida no mercado.

Uma decisão da CE sobre o assunto é esperada até Janeiro do próximo ano, depois de aprofundado o âmbito da investigação em curso. Nos Estados Unidos os reguladores já terminaram o processo de análise - que teve como principal preocupação o mesmo aspecto também no centro da análise da CE - na Europa tem-se arrastado mais do que o previsto, num esforço de dissipar por completo as dúvidas existentes.

De acordo com o El Mundo as preocupações manifestadas à CE chegaram da organização de defesa das liberdades civis digitais Open Rights Group, de uma organização ligada à propriedade intelectual, a Knowledge Ecology International e de Richard Stallman, um dos fundadores da Free Software Foundation.

Recorde-se que o negócio entre a Sun e a Oracle vai levar a Oracle a pagar 5,7 mil milhões de euros pela Sun.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.