A Verizon Wireless pode desembolsar até 90 milhões de dólares (65,7 milhões de euros) para compensar os clientes da empresa que ao longo dos últimos anos foram indevidamente taxados pela utilização de serviços de dados móveis.



Sempre que um utilizador acidentalmente carregava na tecla de acesso à Internet e acedida a serviços de dados, a empresa accionava um plano, através do qual cobrava 1,99 dólares por megabyte.



A política gerou diversas reclamações e um alerta da Comissão Federal das Comunicações para o caso. A empresa entretanto reviu a política de cobrança deste tipo de acessos e assegura que actualmente não cobra aos clientes que estabeleçam um acesso muito curto ao serviço de dados.



Contudo, e para evitar consequências mais sérias das queixas reportadas por clientes, a empresa decidiu avançar com um plano de compensações que lhe poderá custar entre 30 e 90 milhões de dólares.
Serão afectados pelo reembolso de valores indevidamente cobrados na factura 15 milhões de clientes, de acordo com dados da operadora.



Estes clientes podem receber créditos entre 2 e 6 dólares (embora também estejam a pagamento somas maiores), já nas facturas de Outubro e Novembro. Quem já não for cliente da empresa receberá a compensação em cheque.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.