Um relatório do China Securities Journal revelou um polémico caso de corrupção na DJI. Logo que a situação foi tornada pública, a fabricante chinesa confirmou as investigações.

Assentiu igualmente que estarão em causa perdas de aproximadamente mil milhões de yuan - o que representa perto de 130 milhões de euros.

“A DJI tomou medidas imediatas para resolver o problema, demitindo vários funcionários que violaram as políticas da empresa e contactando a polícia”, refere em comunicado. “Continuamos a investigar a situação e temos cooperado totalmente com a justiça”.

O relatório refere que, no momento, estão a ser investigadas 40 pessoas, mas que o número poderá vir a aumentar até às 100. Entre elas estarão igualmente altos executivos da DJI, suspeitos de venderem informação confidencial da empresa.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.