Há um impacto “essencialmente bom” da tecnologia, “que trouxe o aumento da expectativa de vida e a descida das mortes neonatais”, por exemplo, mas a tecnologia também está a gerar danos colaterais, como é o caso das alterações climáticas e da desigualdade. “Temos furacões a acontecerem por todo o lado (...) e temos oito homens que têm tanta riqueza quanto metade da população mundial”, alertou.

António Guterres defende que se discuta “seriamente” o impacto da revolução tecnológica na sociedade. "É estúpido querer tentar parar a inovação. É estúpido porque é impossível e porque impede que tenhamos os benefícios positivos, mas temos também de evitar a ingenuidade de pensar que as formas tradicionais de regulação para sectores como a energia ou o sistema financeiro podem resolver o problema", afirmou.

O secretário-geral das Nações Unidas considera que se devem juntar várias facções e aproveitar oportunidades como o Web Summit para discutir estes problemas e garantir que “a ciência, a tecnologia e a inovação são poderes que podem contribuir pela positiva para o futuro”.

António Guterres foi uma das personalidades que esteve presente na conferência de abertura do Web Summit, esta segunda-feira, no Altice Arena, juntamente com Margrethe Vestager, comissária europeia para a concorrência, e o primeiro ministro, António Costa, entre outros.

O Web Summit decorre até dia 9 de novembro e o TEK está a acompanhar os momentos mais importantes, nomeadamente em imagens. Veja edição de 2017 do evento "por dentro".

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.