A Samsung está a renovar a oferta de televisões que tem em Portugal e até ao final de abril os novos modelos das séries F5 à F8 ficam disponíveis para compra. O destaque da empresa vai para a LED TV F8000 que incorpora todas as novidades que a empresa sul-coreana preparou para o segmento das televisões este ano.

Mais do que revoluções de design e especificações técnicas, e um pouco à imagem da estratégia que está definida na área dos smartphones, a Samsung está empenhada em evoluir o software dos televisores e sobretudo o interface de utilizador (UI), tentando mudar a maneira como o utilizador interage com o equipamento.

A grande novidade na gama de Smart TV relativamente à oferta do ano passado é a inclusão do S Recommendation, um sistema de sugestões baseado no historial de visualização dos utilizadores. Cada pessoa pode ter uma conta própria com sistemas de recomendações personalizados, e protegidos por palavra-passe, ou pode haver uma conta generalista que faz recomendações baseadas em todo o conteúdo que é visualizado.

O S Recommendation é o ecrã de inicialização por defeito nas novas Smart TV da fabricante oriental, e é apenas um dos quatro painéis que compõe o novo UI. Através do comando ou através de gestos caso o televisor tenha câmara incorporada, é possível navegar para um ecrã social - com vídeos sugeridos por amigos nas redes sociais -, para um ecrã multimédia - que permite a ligação a vários dispositivos através do All Share ou a serviços na cloud como o Dropbox, SugarSync e SkyDrive -, e para um ecrã de aplicações - existem 30 espaços para apps descarregadas, e um outro espaço de softwares recomendados que incluem sempre cinco aplicações portuguesas e duas internacionais.

[caption]Samsung S Recommendation[/caption]

O reconhecimento gestual também está mais alargado, com movimentos de arrastamento para navegar entre paines, duplo reconhecimento das mãos para fazer zoom em imagens através de um movimento de "esticão", e reconhecimento do símbolo do Facebook "Like" feito com a mão e que partilha na rede social a recomendação feita.

Portugal, um mercado em mudança

Por dia e em todo o mundo, a Samsung diz que são descarregadas 300 mil apps, mas o número podia ser mais volumoso. Em Portugal, o número de utilizadores com Smart TV ligadas à Internet apenas chega aos 60%, um valor que apesar de não ser ideal é satisfatório para a empresa sul-coreana que acredita estar a conseguir mudar a forma como as pessoas pensam no conceito de televisão, deixando de ser apenas um ecrã com canais mas sim um centro multitarefas.

Em 2013 e com a estratégia delineada, a Samsung espera conseguir aumentar a taxa de ligações a partir de Smart TV em Portugal para os 80%. Todas as novidades introduzidas são uma resposta da marca oriental às necessidades dos consumidores, contou durante a apresentação o gestor de marketing da Samsung, Tiago Flores.

No mundo todo a Samsung vendeu cerca de 50 milhões de televisores, enquanto para Portugal e seguindo política de informação da empresa, não puderam ser revelados números.

O modelo com mais sucesso no mercado nacional foi a LED E4000 de 32 polegadas, um modelo que é vendido por um preço a rondar os 400 euros e que mesmo não sendo uma televisão inteligente, reúne um ecrã de proporções generosas com o design característico da Samsung. No segmento das Smart TV o modelo E6100 foi dos que teve melhor desempenho no retalho português por incluir tecnologia 3D e ligação Wireless, duas características que cada vez mais os consumidores procuram.

[caption]Samsung E6100[/caption]

Em Portugal a Samsung registou através de uma análise de mercado que o interesse por televisões acima das 40 polegadas aumentou cerca de 50%, enquanto o interesse por Smart TV aumentou 71%, um valor próximo aos 69% registados pelas televisões 3D.

Este ano e segundo as indicações dadas ao TeK pela equipa de marketing da Samsung, o próximo grande sucesso no mercado português deve ser o modelo de 40 polegadas F6400, a versão remasterizada do E6100 e que tem um preço recomendado de 899 euros.

A nível de topo de gama e oferta máxima para Portugal, o modelo F8000 referido no início do texto é a estrela da companhia. O preço varia entre os 1.500 euros, para a versão de 40 polegadas, e os 7499 euros para a versão de 75 polegadas.

[caption]Samsung F8000[/caption]

Longa vida às Smart TV

Outra novidade que a Samsung vai trazer até Portugal é o Evolution Kit, um periférico que pode ser acoplado às series E7 e E8 de 2012 e que leva as novas funcionalidades, como o S Recommendation, aos modelos menos recentes de televisões da fabricante asiática.

A caixa, que terá um custo aproximado de 300 euros, inclui também hardware extra que permite aumentar os níveis de desempenho do equipamento principal.


Escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.