Elon Musk parecia um indivíduo exclusivamente interessado no sector tecnológico. Os seus investimentos e criações estendiam-se ao longo de um grupo de empresas que tinha nesta indústria o seu ponto comum. A Boring Company distanciou-se ligeiramente deste núcleo, é certo, mas o propósito das suas operações é também ele tecnológico, uma vez que os túneis escavados pelas perfuradoras da empresa, poderão vir a servir um sistema de transporte futurista, que tem na supressão do trânsito um dos seus principais objetivos. Contudo, recentemente, o empresário tem feito alguns investimentos em negócios bastante distantes do circuito tecnológico. Depois de ter anunciado que estava a desenvolver um projeto humorístico, em parceria com alguns dos autores do portal satírico The Onion, Musk noticiou este fim de semana que está a criar uma empresa de doces.

O anúncio foi feito no Twitter, e foi seguido com juras de compromisso com a ideia. “Estou a falar muito, muito a sério”, tweetou Elon Musk. Recorde-se que o empresário tem por hábito fazer anúncios relevantes sem anúncios prévios. O Twitter tem sido utilizado como uma das plataformas primordiais para o efeito. A Boring Company, por exemplo, foi anunciada numa conversa sobre os problemas gerados pelo trânsito.

Note que apesar deste desvio face à tecnologia, o empresário também tem preenchido a quota de anúncios bizarros nesta indústria. Muito recentemente, Musk confirmou que estava a trabalhar num dragão ciborgue e antes, lançou um lança-chamas da Boring Company.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.