A EMC vai desembolsar 2,3 mil milhões de dólares (1,7 mil milhões de euros) para adquirir a Isilon Systems. A empresa visada opera na área do storage e é especializada em soluções que permitem aumentar facilmente o espaço para armazenamento de dados, vídeo ou imagens digitais numa rede (scale-out).



O negócio permitirá à fabricante aumentar significativamente o volume de receita e reforçar a concorrência a rivais como a IBM ou a NetApp. De acordo com os números divulgados, a EMC terá condições para facturar mil milhões de dólares na segunda metade de 2012, cerca de três vezes mais que o valor conseguido actualmente, a operar sozinha.



O negócio, que deverá ficar concluído ainda este ano não terá, já neste exercício, impacto nas contas da fabricante, que terá para integrar com a operação os 500 colaboradores da Isilon.



A EMC pretende juntar os produtos da Isilon com a sua linha de produtos Atmos focados na gestão de aplicações que geram volumes massivos de informação, como o streaming online de vídeos, registo de tremores de terra ou investigação científica.



O mercado de storage tem-se revelado campo de batalha para os principais gigantes do sector com muitas aquisições para registar nos últimos tempos. A mais mediática terá sido a disputa entre HP e Dell pela 3Par.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.