O conceito na base da Foodzai é simples: a ideia é colocar em contacto chefs amadores e apreciadores de boa comida. Juntar quem é especialmente bom a fazer aquele prato, ou gostaria de abrir um restaurante mas não tem condições para isso, a quem tem muita vontade de provar boa comida.



Uma plataforma online, que tem vindo a ser testada em beta fechada, promove a ligação entre chefs amadores e potenciais clientes. Os pilotos decorrem em Lisboa e em Londres, onde cerca de 100 chefs e outros tantos apreciadores de comida já usam o Foodzai. Como André Jordão explica ao TeK, o número representa o total de "testadores" da plataforma nas duas cidades, com dois terços da comunidade na capital portuguesa.



No dia 5 de junho, dia de arranque da conferência de dois dias, será também a data de lançamento da versão aberta do site. A estreia acontece em simultâneo para Lisboa, Londres e Dublin e progressivamente estender-se-á a outras cidades. A lógica de expansão cidade a cidade procura garantir um número mínimo de ofertas para cada zona coberta pelo projeto, explica o mesmo responsável.



Por transação realizada a Foodzai ganha uma comissão. Já a presença no site e a sua utilização é gratuita. A empresa tem-se também preparado para apoiar os chefs amadores na entrega dos pratos confecionados. A ideia base do negócio é que fique a cargo do chef a entrega dos produtos, mas a Foodzai tem vindo a desenvolver parcerias para apoiar quem não tem condições para assegurar a distribuição dos pratos ou receitas confecionadas.



Em Londres, na LeWeb, a startup portuguesa, que neste momento junta dois sócios fundadores e mais duas a três pessoas no apoio à operacionalização da plataforma, terá oportunidade de mostrar o negócio frente a uma plateia de luxo, cheia de potenciais investidores.



Na última edição do evento, que pela primeira vez terá uma empresa portuguesa na competição de startups, integraram o júri do concurso em que a empresa portuguesa vai participar nomes como Kevin Systrom, CEO do Instagram; Kevin Rose, partner da Google Ventures; ou Ethan Beard, diretor developer network do Facebook.



A Foodzai foi escolhida entre mais de 500 empresas candidatas a participar na competição de startups. Estará em palco com outras 15 empresas, que no primeiro dia do evento terão seis minutos para apresentar a sua ideia de negócio. As três melhores ideias serão selecionadas e no segundo dia da conferência terão a oportunidade de fazer uma apresentação no palco principal do evento. Um júri seleciona o projeto vencedor depois de uma sessão de perguntas e respostas.



André Jordão confessa que as expectativas para Londres são as melhores possíveis e sublinha que esta será uma oportunidade única para os empreendedores portugueses, no que se refere ao "contacto com pessoas a que não teríamos acesso de outra forma".



Aproveitando a montra, a empresa não lançará apenas a versão final da plataforma online, mas divulgará também "duas parcerias inovadoras" na área dos pagamentos e dos canais de distribuição", adiantou André Jordão.



Na edição 2012 da LeWeb participaram cinco mil pessoas de mais de 80 países.

Escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico

Cristina A. Ferreira

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.