(Actualizada) Portugal Telecom, Caixa Geral de Depósitos, EDP, Crédito Agrícola, Novabase e Brisa são as seis empresas portuguesas que se mantêm no ranking europeu das que mais investem em Investigação e Desenvolvimento. Portugal perdeu duas empresas na tabela europeia face à última lista.

No total, as empresas portuguesas que figuram neste ranking investiram 322,16 milhões de euros em I&D em 2010, o que representa uma quebra de 1,9% face ao ano anterior, revela o relatório da União Europeia hoje divulgado.

A melhor classificada continua a ser a PT, mas passou do 89º para 101º lugar, com um investimento na ordem os 200 milhões euros, menos 6,1% que em 2009. A Brisa foi outra das que gastou menos (18,3%) em investigação durante o ano passado, mas o exemplo não foi seguido por todas.

A tenológica Novabase e a EDP são os dois exemplos de maiores "saltos" nesta matéria, aumentando em 19,2% e 17,8%, respetivamente, os montantes afetados ao I&D. Os investimentos destas empresas em 2010 situaram-se nos 10,85 milhões e 4,90 milhões de euros.


[caption][/caption]

É esta a tendência seguida também na maior parte da Europa, Estados Unidos e Ásia. De acordo com os dados da Comissão Europeia, "o investimento em I&D de grandes empresas da UE registou uma forte recuperação em 2010, com um aumento de 6,1 % após uma queda de 2,6 % em 2009".

Embora os dados relativos às 1.400 maiores empresas do mundo ainda coloquem as europeias aquém das maiores concorrentes dos EUA ou de algumas economias asiáticas, a tendência geral foi positiva, com os investimentos globais a aumentarem 4%, "uma forte retoma após a queda de 1,9% verificada no ano anterior.

Nota da Redação: A notícia foi corrigida num valor que não estava correto e actualizada.

Escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.