A Intel quer criar uma rede mundial de centros de pesquisa universitária e vai investir mais de 40 milhões de dólares nesse projeto nos próximos cinco anos. O investimento inclui novos Institutos de Investigação Intel no Reino Unido, Alemanha e Israel.

Estes institutos vão focar-se em áreas específicas, nomeadamente Cidades Sustentáveis Interligadas, que ficará no Reino Unido; Computação Segura, na Alemanha e Inteligência Computacional, em Israel. Cada instituto será liderado por uma universidade, mas aos académicos juntam-se também participantes da indústria.

Para já não está prevista a criação de nenhum "Intel Collaborative Research Institutes" (ICRI) em Portugal, adiantou ao TeK fonte da Intel.

O novo programa baseia-se na iniciativa que a Intel já desenvolve nos Estados Unidos com várias universidades, o Intel Science and Technology Centers (ISTCs), que recorre ao mesmo modelo de reunir especialistas da Academia com inovadores da indústria para o desenvolvimento de novas tecnologias.

Escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico

Fátima Caçador

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.