A Lenovo anunciou hoje os resultados do quarto trimestre fiscal, que terminou em março de 2021, e no qual a tecnológica atingiu resultados recorde. Alberto Ruano, diretor geral da Lenovo para Espanha e Portugal , garante que foi "o melhor ano de sempre" e “o melhor ano da história da empresa e da minha vida profissional”. Já na apresentação de resultados do terceiro trimestre a Lenovo tinha partilhado dados recorde, que se consolidam no total do ano.

As receitas globais atingiram os 15,6 mil milhões de dólares no quarto trimestre, num crescimento de 48%, e o lucro também teve a maior taxa de crescimento nos últimos dois anos, com receitas antes de impostos de 380 milhões de dólares e uma receita líquida de 260 milhões de dólares. O crescimento é de 392 e 512%, respetivamente. Para o ano completo as receitas ultrapassam os 60 mil milhões de dólares.

Durante uma conferência de imprensa para jornalistas de Portugal e Espanha, o responsável de mercado explica que, apesar de não partilhar dados financeiros para o mercado ibérico, o crescimento de receitas segue a mesma linha de crescimento do Grupo. E indica que embora a Lenovo tenha sido afetada pela disponibilidade de produtos, que afetou toda a indústria, mostrou resiliência e capacidade de entrega e garantiu o primeiro lugar nas vendas de equipamentos na Ibéria.

Questionado pelo SAPO TEK, Alberto Ruano indica que a quota de mercado na ibéria foi de 28,6%, no 4º trimestre, e em Portugal foi ligeiramente superior, com 29,3%. No segmento empresarial a Lenovo reclama o primeiro lugar nas vendas com uma quota de 32,6%, enquanto no consumo “os números baixaram um pouco por falta de disponibilidade de mercado”.

A expectativa para 2021-22 é positiva e Alberto Ruano acredita que a procura vai continuar a crescer, adiantando que “temos bons negócios com o Governo e telcos”. Mas também refere alguma preocupação com a disponibilidade de componentes. “A indústria automóvel está a solicitar muitos componentes e isto é o maior problema que temos de enfrentar para este ano fiscal […] sofremos no ano passado por falta de componentes que reduziram a capacidade de entrega, e este ano podemos outra vez sofrer”, afirmou.

A empresa está a tomar várias medidas para ultrapassar a falta de componentes e vai abrir uma nova fábrica na Hungria, para PCs e servidores, que deverá ajudar a melhorar a cadeia de abastecimento na a Europa.

Gaming, portáteis premium e tablets em crescimento

A área de gaming é uma das destacadas nos resultados da Lenovo, a par com outros segmentos premium que continuam com taxas de crescimento de dois e três dígitos, acima do mercado. No gaming a Lenovo teve um crescimento de 76,9% quando o mercado cresce 51,3%, enquanto nos portáteis premium, na gama Thin/Light, o crescimento foi de 118,5%

A Lenovo tem vindo a reforçar o seu portfólio e apresentou recentemente novos modelos de gaming, mais leves e mais poderosos para consolidar a sua aposta nesta área que é cada vez mais importante.

A categoria de tablets foi uma das que registou um novo impulso com a pandemia e a Lenovo reporta um crescimento de 156,5%, referindo que está quase três vezes acima do crescimento do mercado, onde o crescimento se fixou nos 55,4%, segundo os dados partilhados.

Motorola com crescimento de 86%

Os números globais são também positivos para a unidade de mobile, que tem a Motorola, com um crescimento de 86% e uma receita de 21 milhões de dólares, os melhores números desde que a Lenovo comprou a marca de smartphones. A melhoria de relacionamento com as operadoras e o reforço do portfólio de produtos justificam os resultados, com o volume de vendas a crescer a três dígitos em várias regiões, com a Europa a apresentar um crescimento de 238%.

O portfólio de smartphones tem vindo a crescer, com mais modelos e uma aposta no 5G, onde o equilíbrio entre os modelos acessíveis e premium fazem a diferença. O Moto G20 foi o último modelo a ser revelado, e o preço vai rondar os 150 euros.

Os bons resultados estendem-se também ao segmento de ISG, com os negócios de Data Center Group, Cloud Service Provider, assim como servidores e armazenamento a registarem uma subida de 73% face ao ano anterior.

Nota da Redação: A notícia foi atualizada com mais informação. última atualização 12h38

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.