A Novabase fechou 2019 com um lucro de 20,4 milhões de euros. A empresa tecnológica portuguesa revela, nos seus resultados financeiros relativos ao ano passado, que o valor representa um aumento significativo em comparação com 2018, onde se registou um lucro na ordem dos 4,7 milhões de euros.

A empresa destaca o impacto positivo da venda do setor de data analytics e business applications à VINCI Energies em novembro de 2019. Para João Nuno Bento, presidente executivo da empresa citado em comunicado à imprensa, o negócio foi uma “conquista fundamental”, sendo algo que permitiu “à administração focar-se na agenda da transformação do Next-Gen”.

Volume de Negócios da Novabse em 2019
Créditos: Novabase

De acordo com os dados divulgados pela tecnológica, o volume de negócios registou um crescimento de 9%, situando-se nos 120,3 milhões de euros. A empresa indica que 68% do volume corresponde ao setor Next-Gen. No que toca à distribuição geográfica dos negócios, a Novabase elucida que 57% se realizaram a nível internacional e 42,3% em Portugal.

A Novabase dá também a conhecer que em 2019, o EBITDA, o resultado antes de impostos, juros e amortizações, teve um aumento de 44,6% em relação a 2018, atingindo assim os 9,4 milhões de euros.

VINCI Energies adquire Novabase Digital para reforçar posição em data analytics e business applications
VINCI Energies adquire Novabase Digital para reforçar posição em data analytics e business applications
Ver artigo

Tendo em conta os resultados obtidos em 2019, a Novabase avança que vai propor à sua Assembleia Geral uma redução de 26,7 milhões de euros do capital social da empresa. O valor que será distribuído pelos acionistas, representando uma remuneração de 85 cêntimos por ação.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.