O perigo está latente no seu email, adverte a National Consumers League
(NCL), uma organização sem fins lucrativos direccionada para o consumidor,
em Washington. Baseada em informações do consumidor ao programa de vigilância de fraudes na Internet (IFW), a NCL chegou à conclusão que muitas propostas duvidosas chegam
por email.




Ao mesmo tempo, o site da AT&T realizou uma sondagem em que foram
inquiridas 28,655 pessoas das quais 27 mil afirmaram receber ofertas de
email não solicitadas. O IFW previne que estes emails poderão ser
fraudulentos.



Trinta e dois por cento dos inquiridos afirmaram já ter recebido ofertas de cartões de
crédito nas sua caixas de correio electrónico; 30 por cento receberam
propostas de empréstimos; 30 por cento já tiveram ofertas para fazer
dinheiro trabalhando em casa; 27 por cento receberam convites para visitar
sites pagos e 12 por cento já receberam ofertas de dinheiro Nigeriano.
Apenas seis por cento dos inquiridos afirmaram nunca ter recebido este tipo
de mensagens.



"Apesar de nem todas as mensagens não solicitadas serem fraudulentas, os
consumidores devem suspeitar quando lhes prometem dinheiro fácil, preços
incrivelmente baratos, ou serviços "gratuitos" que poderão ter custos
invisíveis", previne Susan Grant, directora do IFW da NCL, acrescentando que
"maior parte dos maiores fraudes pela internet estão à espreita na sua
caixa de correio. A chave é reconhecê-los e não divulgá-los".




A oferta de dinheiro Nigeriano é a fraude com maior crescimento na Internet
e a mais comunicada ao IFW, com um incremento de 900 por cento de 2000 a
2001. A mensagem chega de um país africano onde alguém alega ter amontoado uma
grande fortuna e pretende transferi-la para a sua conta bancária justificando
que estará mais segura. "A pessoa oferece-lhe milhões para que lhe guarde o
dinheiro no banco temporariamente, mas é tudo mentira", afirma Grant. "Não
existe fortuna alguma e o propósito do esquema é retirar-lhe dinheiro do
banco e não pô-lo lá".



Para alertar os consumidores sobre as fraudes online, a NCL lançou uma
campanha educativa com o apoio da AT&T. Dados relativos e casos factuais
sobre de fraudes na Internet, bem como novas dicas sobre como evitá-las e
conselhos sobre os esquemas mais comuns estão disponíveis em
www.fraud.org/internet/inttip/inttip.htm.

Notícias Relacionadas:

2001-06-19 - Medo de fraude online de cartões de crédito está empolado

2001-03-07 - Sites falsos de leilões são principal causa de fraude na
Internet

2000-11-27 - Fraudes no comércio electrónico penalizam comerciantes

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.