O negócio faz parte dos memorandos de entendimento e atas de compromisso assinados esta quarta-feira entre os dois países, no valor de 2.200 milhões de dólares (cerca de 1.600 milhões de euros), abrangendo diversas áreas.

Mediante o acordo, a YouTsu irá fornecer 1,6 milhões de computadores portáteis Canaima (nome local do Magalhães) à Venezuela e 50 mil tablets para o ensino universitário venezuelano.

Está previsto que os equipamentos sejam entregues ao longo deste ano, segundo informação confirmada pela JP - inspiring knowledge.

Recorde-se que a empresa portuguesa ganhou, muito recentemente, um projeto de 58 milhões de dólares na Bolívia. O contrato inclui a construção de uma fábrica naquele país, bem como a produção inicial de 125 mil equipamentos para alunos e professores.

Entre os equipamentos estão computadores, tablets desenhados para a educação e os novos dispositivos "2 em 1" (tablets e computador simultaneamente).

Escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.